Se levar a sério é muito cafona.


Eu fico absolutamente impressionada com as pessoas que se levam a sério. Um dia, quem sabe, vou conseguir , pelo menos um único minuto na vida me levar realmente a sério.

Ia ser bom conseguir andar por ai com a certeza que que meu gosto é O bom e repetir o mantra daquela loirinha aguada apresentadora de estilistas medíocres : eu sou in o resto é out.

Nossa, vamos combinar? Quer coisa mais cafona, ficar ditando o que é estilo, o que é glamour, ou que é o certo , o que está errado .... aplausos aos que conseguem...eu infelizmente sou neurótica demais para isso.

Alias , tenho uma amiga biba ( elas não são o máximo ?) que do alto de sua plataforma (e não é politica) anuncia a teoria do mundo cútis:

"É um mundo pequeno. Você nem tem que viver muito para aprender uma coisa dessas sem que ninguém lhe ensine. Existe uma teoria sobre como no mundo inteiro só existem 500 pessoas reais (o elenco, por assim dizer; todas as outras pessoas no mundo, diz a teoria, são figurantes) e todas se conhecem. E isso é verdade, na medida do possível. Na realidade, o mundo contém milhares e milhares de grupos de mais ou menos 500 pessoas que passarão a vida se encontrando, se evitando, se esbarrando numa improvável casa de chá em Vancouver. "(“Os filhos de Anansi” - Neil Gaiman)

Nessa plataforma eu voto.

2 comentários:

Bily disse...

Aquela apresentadora é ridicula não sei como tem gente que adora aquele programa !

Paty de Goias disse...

Essa plataforma ai é melhor que a do Obama . Pensei que so aki no meu mundinho tivesse gente que se levasse a serio.